Mitos sobre blogs de sucesso

8 mitos sobre blogs de sucesso que impedem sua marca de crescer

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Ter um blog é uma das estratégias de conteúdo mais populares entre negócios de todos os tamanhos. Por causa do disso, a internet está cheia de mitos sobre o que é certo e errado para ter sucesso com seu blog. Infelizmente, muitos desses mitos podem segurar seu blog e sua marca.

Todos nós já escutamos sobre uma pessoa que não sabia nada sobre blog, teve algumas ideias malucas sobre gatos e de repente o seu post se tornou um super viral em dois minutos. Se fosse tão fácil, você pode acreditar que o cara do gato iria estar ensinando todo mundo sua formula secreta e todo mundo teria seu próprio viral em dois minutos.

Por outro lado, nós também escutamos histórias de sucesso em blogs que te fazem querer se esconder debaixo da mesa – como “a grande maioria [dos blogs] fatura menos de US$3,50 por dia”.

Então, ter um blog é uma causa perdida ou uma mina de ouro intocada?

Aqui vamos abordar 8 dos mitos mais difundidos sobre blogs de sucesso que impede sua marca de crescer:

Mito 1: É fácil ter lucro passivamente!

Como dissemos, se se fosse fácil para todo mundo ter lucro passivamente a partir de seus blogs, todos nós estaríamos nadando no dinheiro. Contudo, estatísticas do Statista mostram que você tem muitos competidores —em 2011, havia aproximadamente 173 milhões de blogs pelo mundo. Além disso, pequisas do Blogging.org mostram que apenas 8% dos blogs fazem dinheiro suficiente para sustentar uma família média, enquanto 81% dos blogs nunca chegam a US$ 100 durante toda a vida do blog.

Existem milhares de boas razões para ter um blog – para gerar tráfego para sua loja virtual, para te posicionar como um especialista na indústria ou para se posicionar melhor nos buscadores, por exemplo. Mas se gerar lucro passivamente for seu principal objetivo, você pode ficar desapontado.

Mito 2: Você precisa postar todos os dias

O mito que você precisa postar todos os dias é um que pode mais prejudicar que ajudar sua empresa. Por um detalhe, um blog dá muito trabalho. Entre gerar uma ideia diariamente, pesquisar, escrever, planejar seu calendário editorial, encontrar fotos e gráficos e programar posts nas redes sociais, você vai estar esgotado antes de se tornar um viral.

Mais importante ainda, contudo, é que seus leitores também podem ficar esgotados. Poucas pessoas tem tempo ou disposição para ler posts diários (ou alguns por dia). Uma pesquisa mostra que 53% das pessoas sente que elas recebem muitos e-mails relacionados a marketing, o que significa que elas são muito inclinadas a se desinscrever de notificações de posts de blog diários. Então tente postar uma vez por semana, mantenha o olho no engajamento (ou na falta) e então tente alterar sua frequência para duas ou três vezes por semana.

Mito 3: Seus posts têm que ser gigantes

Muitos acreditam que posts de blog tem que ser repositórios de informação gigantes. Afinal, se você pode prover seus leitores com absolutamente tudo que alguém poderia querer saber sobre um tema, você é obviamente um expert no assunto, certo?

Na verdade, o tamanho de um post não é relacionado ao número de palavras, mas sim a quanto tempo seus leitores ficam na página. Apesar de variar de um blog para outro, uma pesquisa do Medium mostra que na média, eles podem manter a atenção dos leitores por sete minutos, que equivalem a aproximadamente 1.600 palavras – menos para posts com muitas imagens.

Mito 4: Concentração menor das pessoas signfica que ninguém lê posts longos

Em contraste com a pesquisa do Medium, a Upworthy descobriu que o tamanho do conteúdo não faz diferença nenhuma no tempo que os leitores gastam nos posts. De acordo com suas estatísticas, um post de 37 segundos é recebido tão bem quanto posts que demoram 20 minutos para ler.

A moral da história? Faça o conteúdo do tamanho que ele precisa ser. Se pode manter um post atraente em algumas mil palavras, então faça um post que demore 20 minutos pra ler. Se não, não hesite em fazer posts curtos. Se você tem textos longos, mas está inseguro sobre a disposição dos seus leitores, tente tornar uma série de posts pequenos – mas sempre tente atrair o interesse para o próximo post da série.

Mito 5: Você precisa promover constantemente seu blog nas redes sociais

Esse mito é verdade, porém com algumas limitações. Muitas marcar cometem o erro de promover seu blog em todas as redes sociais várias vezes pode dia somado a posts impulsionados do mesmo post. Porém, uma pesquisa do Bufferapp mostra que engajamento, curtidas e comentários começam a diminuir se você posta muito.

A frequência ideal é:

  • 3x por dia no Twitter
  • 2x por dia no Facebook
  • 5x por dia no Pinterest
  • 1x por dia no LinkedIn

Os números podem ser um pouco diferentes para seu blog (vai depender da sua audiência e Mercado, por exemplo), mas no geral você deve promover um ou dois posts no seu blog e o resto dos posts para compartilhar informações interessantes sem relação com sua marca. Se os seguidores estão engajados, eles vão fazer a maior partir do trabalho compartilhando os seus posts para você.

Mito 6: Você verá o resultado em poucos meses

Ter um blog não é uma maneira rápida de construir sua reputação ou aumentar o tráfego de seu site. Para quem está começando, pode levar de quatro a seis semanas – ou até mais – só para o Google e outros buscadores indexar seu site. Depois disso, mais alguns meses para ir subindo no ranking das pesquisas orgânicas e aprendendo quais redes sociais e técnicas de SEO funcionam melhor para sua marca.

Esteja preparado para gastar bastante tempo pesquisando blogs e redes sociais da concorrência e então testar variações de seu próprio site até você ter sua própria estratégia. Pense em blogar e marketing de conteúdo como uma maratona, não como uma corrida de 100 metros.

Mito 7: Blogs são baratos

No marketing, é verdade que blogs custam menos que anúncios de TV, por exemplo. Porém, isso não significa que eles são baratos. Coisas como um domínio ou hospedagem custam entre R$12,90 por mês e R$39,99, requerem dinheiro e não são os únicos investimentos que você vai precisar fazer.

Até mesmo blogs relativamente pequenos podem ter uma lista de gastos como inscrição em banco de imagens, pagamento para escritos, posts impulsionados nas redes sociais e outras divulgações pagas, além de pessoas dedicadas. O mais experto a se fazer é começar com poucos posts por semana, que você mesmo pode administrar e adicionar despesas conforme for precisando –  como especialistas em uma área ou um especialista de redes sociais.

Mito 8: Ter um blog é desnecessário

De todos os mitos sobre blogs que podem prejudicar sua marca, a ideia de que um blog é desnecessário é a mais absurda. Se você está querendo cortar o investimento em blogs, pense nesse dado: 70% dos consumidores são influenciados por blogs para fazerem decisões de compra. Por quê? Porque para os consumidores, blogs são uma fonte prática de informações sobre um produto/serviço ou sobre a empresa em si. Os artigos de uma marca são como eles pesquisam.

Além disso, um blog bem feito torna seu site muito mais visível para buscadores, pois na média, um blog tem 434% mais idexado que um site normal. Não só isso, mas empresas B2B que tem blog geram 67% mais leads que aquelas que não, e mais de 50% das empresas desse mercado que que tem blog ativo ganham pelo menos um novo cliente por mês.

Se você está pronto para tornar o blog da sua empresa em uma máquina do marketing, o primeiro passo é escolher uma hospedagem de sites confiável. Então você será capaz de criar posts informativos e que inspirem que vão atrair leitores e potenciais clientes aos montes.