Encontrando o Gateway de Pagamento Perfeito

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Com bilhões de transações de cartões de pagamento para fins gerais anualmente no mundo todo – as quais o The Nilson Report estima que aumentarão para 515,42 bilhões até 2024 – escolher um gateway de pagamento seguro e flexível é crucial para varejistas.

Conforme o número de transações aumenta, os hackers de black hat veem cifrões em todos os lugares, desde pequenos sites de e-commerce às principais empresas do ramo. Manipular a cadeia de processamento de pagamentos garante recompensas lucrativas para eles, e os interesses são grandes tanto para os varejistas quanto para os criminosos cibernéticos. Felizmente, existem soluções de baixo custo para as empresas de e-commerce que desejam disponibilizar a conveniência dos pagamentos por cartões de débito e crédito sem pôr as informações bancárias de seus clientes em risco e acabar perdendo completamente sua confiança.

Nem todos os gateways de pagamento com cartão são iguais no que diz respeito à segurança, conveniência e flexibilidade que a sua empresa necessita para suportar uma atividade de e-commerce. O melhor para a sua empresa depende dos seus clientes e da sua plataforma; se você deseja oferecer aos compradores uma experiência sem pagamento de taxas ou você deseja ser capaz de converter instantaneamente a moeda, isso irá certamente influenciar as suas decisões na escolha de um gateway.

Aqui está um balanço das três principais soluções de baixo custo para gateways de pagamento seguro de e-commerce:

PayPal

Você não pode falar sobre sistemas de pagamento on-line sem mencionar o PayPal. Desde 1999, eles estabeleceram o padrão para gateways de pagamento on-line com recursos que incluem o não pagamento de taxas de processamento do comprador, a conversão de moedas, transações criptografadas, e sem um mínimo mensal para comerciantes. Além disso, é fácil configurar e personalizar as opções (como o botão “ver carrinho”) para o seu negócio. Mas o maior benefício, no entanto, é que mais de 179 milhões de pessoas utilizam o PayPal, tornando-o processador de pagamento mais reconhecido no mundo inteiro.

O lado negativo, é que o serviço de suporte ao cliente é muito fraco, e os comerciantes pagam taxas de transação. Mas o custo de efetuar negócios com o PayPal vale a pena para a maior parte das marcas de e-commerce, especialmente quando você considera que este gateway líder de pagamento oferece boas recompensas para hackers de white hat que monitoram a rede PayPal procurando por vulnerabilidades e fraquezas.

Braintree (Ainda não disponível no Brasil)

Braintree é uma ótima opção para pagamentos “únicos”, e gerenciamento de assinaturas. Suportado pelo PayPal, este processador de pagamento oferece algumas grandes vantagens para comerciantes. Por um lado, não há qualquer taxa de transação para os primeiros $50 mil, e eles oferecem descontos de volume aos comerciantes que ultrapassem $80 mil por mês. A conversão de moeda está disponível, mas há uma taxa adicional de 1% para o processamento, e os estornos têm uma taxa de US$15 (preço padrão para a maioria dos gateways de nível superior).

Por outro lado, alguns usuários dizem que a configuração é um pouco confusa, e a API não é de colocação direta. A equipe de TI deverá estar preparada para colocar a mão no código para que o gateway esteja configurado e funcionando sem problemas.

Stripe

Para uma opção fácil de usar e de colocação direta para processamento de cartão, Stripe é outra ótima opção. O sistema sofisticado é extremamente fácil de usar, e possui grandes recursos logo após ser instalado, como a aceitação de mais cartões de crédito, pagamentos automatizados de faturamento recorrente, e a capacidade de sincronizar os seus dados de vendas com os aplicativos que você já está utilizando. Também disponibilizam mais de 100 conversões de moeda com uma taxa de câmbio de mercado de 2%, e processam Bitcoins por 0,5%.

Stripe foi concebido para desenvolvedores e possui recursos com foco na mobilidade que fazem com que seja possível que as empresas aceitem Apple Pay, Pay Android e American Express Checkout com apenas algumas linhas de código (embora a oferta de descontos únicos requeira uma entrada manual). Não existem quaisquer taxas de configuração ou mensais, e você pode obter descontos para transações múltiplas.

Em se tratando de segurança, Stripe processa transações de pagamento na sua própria rede, o que significa que os ladrões virtuais não podem acessar a informações de cartão de crédito e as suas APIs móveis são compatíveis com PCI. A possibilidade de testá-lo é um fator crucial para novas startups, e Stripe oferece um teste gratuito sem sequer ter de se registrar nesse serviço.

Servindo Seus Clientes com um Portal de Processamento de Cartões de Primeira

O gateway de pagamento que você escolher tem um impacto significativo na sua marca, porque quando os clientes visitam o seu site de e-commerce, eles esperam que você se comprometa a proteger os seus dados de olhos não autorizados. A ponderação cuidadosa irá ajudá-lo a alcançar seus objetivos de negócios sem ter de quebrar a banca ou fazer com que seus clientes tenham que pagar taxas pesadas.

PayPal, Braintree, e Stripe: todos lideram a matilha hoje em dia, mas antes de assinar qualquer processador de pagamento, pesquise primeiro. Escolher o serviço que melhor se ajusta às suas necessidades é mais do que simplesmente conferir taxas e garantir que o SaaS é compatível com PCI. Certifique-se de que o gateway se encaixa com seu plano de negócios. É fácil oferecer descontos? Ele suporta compradores de dispositivos móveis? E a sua escalabilidade e capacidade de resposta à mudança?

Mesmo que você escolha o gateway que melhor se adéqua ao seu negócio, seus clientes não serão capazes de concluir a transação se você não tiver um parceiro de hospedagem web confiável. Confira os planos de negócio da Bluehost para que os visitantes do seu site possam navegar pelo seu produto ou serviço em segurança e sem complicações.

Publicação original: 9 de março de 2016 por Devin Sears